Search
  • Paulo Jorge Pereira

"A Mulher Dele", de Emmanuèle Bernheim

Distinguida com o Prémio Médicis em 1993, a obra "A Mulher Dele", de Emmanuèle Bernheim, foi o seu terceiro romance.



Nascida a 30 de novembro de 1955, Emmanuèle Bernheim iria licenciar-se em Línguas Orientais, com a especificidade do japonês. Documentalista nos Cahiers du Cinéma, escreveu guiões tanto para televisão como para o grande ecrã. "Piscina" (2003) e "5x2" (2004), ambos realizados por François Ozon, são apenas exemplos com argumentos escritos por Bernheim. Cerca de duas dezenas de anos antes, a escritora estreara-se a publicar com "Le Cran d'Arrêt" (1985) e "Un Couple" (1988).

De 2013 é "Tout s'est Bien Passé", história da sua viagem com o pai à Suíça para que este ali morresse aos 88 anos. No programa "Grande Table", ao referir-se a esta obra, a escritora confessou: "Queria falar do meu pai. E escrever este livro foi uma reapropriação da sua morte."


Edições ASA/Tradução de Teresa Curvelo


Bernheim publicou seis livros, cinco romances e um relato autobiográfico, escrevendo ainda os argumentos de nove filmes, dos quais três foram realizados por François Ozon.

Tendo passado a maior parte da sua vida em Paris, Bernheim faleceu a 10 de maio de 2017.

43 views

© 2020 by Livros Lidos. Direitos reservados

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now