Search
  • Paulo Jorge Pereira

Jorge Silvério lê "Navegador Solitário", de João Aguiar

O psicólogo Jorge Silvério apresenta um excerto da obra do jornalista e escritor João Aguiar que conta a história de Solitão Fernandes entre a adolescência e a idade adulta, nas décadas de 80 e 90.



Claro que, ao mesmo tempo, o livro de João Aguiar aproveita para abordar uma série de temas que vão desde a toxicodependência à emigração, passando pela prostituição infantil, o abandono escolar ou as ligações perigosas entre partidos políticos e futebol. O autor, embora nascido em Lisboa, a 28 de outubro de 1943, viveu a parte inicial da sua existência na Beira, em Moçambique. Mais tarde iria licenciar-se em Jornalismo pela Universidade de Bruxelas, começando a trabalhar na RTP em 1963, numa fase em que ainda parecia ser Filosofia a sua escolha na Universidade Clássica em Lisboa. Mobilizado para a guerra colonial, cumpriu o serviço militar em Angola e, embora voltasse à Europa, o regresso a Portugal só aconteceu em 1976. Foi altura de novo mergulho nos órgãos de comunicação, então com a imprensa como espaço profissional: Diário de Notícias, A Luta, Diário Popular, O País, revistas Sábado, Superinteressante e TempoLivre. No início dos anos 80 chegou a ser assessor de imprensa no Ministério da Qualidade de Vida.

Em 1983 começaria a obra literária que se estendeu do romance ao conto, passando por literatura para crianças e jovens ("O Bando dos Quatro", "Sebastião" e "Os Mundos Secretos"). "Navegador Solitário" é de 1996, mas já existiam, por exemplo, ""A Voz dos Deuses" (1984), "O Homem sem Nome" (1986), "Os comedores de Pérolas" (1992) ou "A Hora de Sertório" (1994) e iriam seguir-se títulos como "O Dragão de Fumo" (1998), "A Catedral Verde" (2000), "Uma Deusa na Bruma" (2003), "O Sétimo Herói" (2004) ou "O Jardim das Delícias" (2005). Mas também escreveu para cinema ("Inês de Portugal") e televisão ("A Marquesa de Vila Rica" e "Os Melhores Anos") e até uma série dedicada à História de Portugal.

Morreu a 3 de junho de 2010, vítima de cancro, numa altura em que estava a preparar um romance histórico com a Revolução de 1383/85 como tema central.


Edições ASA

Sobre "O Priorado do Cifrão", um dos últimos livros que escreveu, João Aguiar não só admitiu em entrevista que se tratava de "um título irónico" como era "sobretudo uma crítica à sociedade global".

Jorge Silvério é licenciado em Psicologia pela Universidade do Porto com pós-graduação em Desordens da Ansiedade e do Humor (Universidade de Maastricht e Oxford). Primeiro mestre em Psicologia do Desporto em Portugal, tem doutoramento nessa área pela Universidade do Minho. Tem desenvolvido intensa atividade de âmbito científico em conferências e congressos internacionais, colabora com diferentes órgãos de comunicação - é, por exemplo, o autor da rubrica "Desporto com Cabeça" na Antena 1 -, formador convidado de diversas Federações e trabalhou junto de equipas de diferentes modalidades. Primeiro Provedor do Adepto da Liga Portuguesa de Futebol (2009 a 2013), integra o painel de peritos da UEFA para a ligação aos adeptos, sendo ainda embaixador para a Ética no Desporto.

65 views

© 2020 by Livros Lidos. Direitos reservados

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now