top of page
Search
  • Paulo Jorge Pereira

"Olhos Verdes", de Luísa Costa Gomes

Nascida em 1954 e licenciada em Filosofia, foi professora, tem colaborado com jornais como cronista e faz tradução literária. Multipremiada, escreveu o romance "O Defunto Elegante" em parceria com Abel Barros Baptista em 1996. E o seu livro mais recente, "Afastar-se", foi distinguido, em fevereiro de 2022, com o Prémio Literário Casino da Póvoa, revelado no Correntes d'Escritas, o encontro anual de escritores de expressão ibérica que voltou a decorrer em formato presencial.



Luísa Costa Gomes tem repartido o seu trabalho literário por contos, romances e peças de teatro. Depois de "13 Contos de Sobressalto" (1982), estreou-se com romances em 1988 na Quetzal com "O Pequeno Mundo". Entre as obras mais recentes, editadas pela Dom Quixote, estão o romance "A Pirata" (2006); a peça "A Vida em Vénus" (2007); mas também "Dom Mínimo, o Anão Enorme e Outras Histórias", "Ilusão (ou o que quiserem)", ambos de 2009; "1910: Uma Antologia Literária" (2010); "Cláudio e Constantino: Novela Rústica em Paradoxos" (2014); "Florinhas de Soror Nada: A Vida de uma Não-Santa" (2018) e "Afastar-se" (2021). Este último assegurou-lhe o Prémio Literário Casino da Póvoa, revelado durante o Correntes d'Escritas, encontro anual de autores de expressão ibérica que decorreu na Póvoa de Varzim em fevereiro de 2022, nessa altura voltando ao formato presencial depois das alterações motivadas pela pandemia.

É ainda autora do libreto d' "O Corvo Branco", ópera de Philip Glass com encenação de Bob Wilson estreada para a Exposição Universal de Lisboa em 1998, e da cantata "Sobre o Vulcão", musicada por Luís Bragança Gil. "Olhos Verdes" (1994) é um livro no qual predominam a imagem e o sentido de humor e recebeu o Prémio Máxima de Literatura.

É possível saber mais sobre a vida e obra da escritora aqui.


Coleção Mil Folhas/Público


"As pessoas são capazes de suportar tudo, desde que o possam suportar confortavelmente sentadas."

Sugestão: ao longo da leitura, vão acompanhando a forma como a autora trata a escrita de estrangeirismos...

29 views0 comments

Commenti


bottom of page