Search
  • Paulo Jorge Pereira

"O Crime do Padre Amaro", de Eça de Queirós

Updated: Apr 14

Clássico da Literatura portuguesa, não faltou êxito e polémica à sua publicação. A Igreja Católica contestou, a crítica adorou, mas também houve quem, como Machado de Assis, o considerasse plágio da obra "La Faute de l'Abbé Mouret", escrita por Émile Zola. Eça negou de imediato, deixando bem claras as diferenças.



A obra de Eça teve adaptação ao cinema em 2002, numa coprodução entre México, França, Espanha e Argentina, com Gael García Bernal como protagonista e realização de Carlos Carrera. Três anos mais tarde seria um dos sucessos do cinema português, com Carlos Coelho da Silva como realizador e um elenco que incluía, além da estreante Soraia Chaves, Jorge Corrula, Nicolau Breyner, Nuno Melo, Ana Bustorff, Cláudia Semedo, Ruy de Carvalho, João Lagarto, Diogo Morgado, Rogério Samora, Manuel Esparteiro, entre outros. Aqui está a apresentação.


Coleção Mil Folhas/Público

Retrato da hipocrisia na sociedade portuguesa de então, a obra apresenta o escândalo que constitui o amor entre um padre e uma jovem paroquiana do concelho de Leiria.

O romance de Eça de Queirós começou por ser apresentado na Revista Ocidental em 1875, acabando por ser publicado sob a forma de livro no ano seguinte.


35 views

© 2020 by Livros Lidos. Direitos reservados

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now