Search
  • Paulo Jorge Pereira

Bruno Olim Ferreira lê "Rio Percorrido", de Hugo Amaro

É com o poema "O Brilho da Morte", inserido no livro "Rio Percorrido", de Hugo Amaro, que Bruno Olim Ferreira se estreia nas leituras aqui no blog.



Nascido no Funchal em 1962, Hugo Amaro viveria com a família na Madeira até à adolescência. A escrita, os livros e as leituras tornaram-se paixão desde a infância, sobretudo através de autores como Fernando Pessoa, Miguel Torga, Eugénio de Andrade, Thomas Mann e Herman Hesse. Na década de 80, os estudos em Direito levaram-no para Coimbra, ali se licenciando. De volta à ilha, exerceu advocacia, trocando essa atividade pela Administração Pública como consultor e administrador nos serviços de saúde.

Quando pensou em iniciar obra literária, a prosa foi o objetivo de Hugo Amaro, mas, para já, são os poemas escritos ao longo dos anos que o levam à publicação de estreia com "Rio Percorrido - Pedaços de Vida", recentemente apresentado.

A 18 de julho, Maria João Palma foi a primeira a abordar o livro de Hugo Amaro, lendo "Fuga"; no dia 23, Tânia Caldeira leu "Ocaso"; Celina Pereira estreou-se com "Sabedoria", a 18 de agosto, seguindo-se "Saudades do Meu Amor" a 23, "Rosa da Tarde" a 31, "Despedida", no dia 10 de setembro, "A Sós" a 27 do mês passado e "De que Servem as Palavras?", a 6 de outubro.


Edições Vieira da Silva


Este é o nono poema do livro "Rio Percorrido" apresentado aqui no blog com leituras de diferentes vozes.

Bruno Olim Ferreira é farmacêutico, especialista em farmácia comunitária e

diretor técnico de farmácia da ilha da Madeira. Membro do Conselho Fiscal da secção Regional do Sul e Regiões Autónomas da Ordem dos Farmacêuticos, é ainda

diretor e coordenador científico do programa Ilhéu Saudável, além de ex-presidente da delegação regional dos farmacêuticos na Madeira.

46 views

© 2020 by Livros Lidos. Direitos reservados

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now