Search
  • Paulo Jorge Pereira

"O Reencontro", de David Capelenguela

Inserido na coletânea "Língua Mátria", o trabalho do escritor angolano David Capelenguela estreia-se aqui com um excerto d'"O Reencontro".



David Capelenguela nasceu na Huíla em 1969 e escolheu o Direito como área de profissão, sendo licenciado e mestre pela Universidade Agostinho Neto, em Luanda. Mas a sua formação não está concluída, uma vez que o poeta está ainda empenhado

em Literatura de Língua Portuguesa e também em Ciências Sociais pelas Faculdades de Letras e Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto.

Capelenguela é, por outro lado, elemento da União dos Escritores Angolanos e cofundador da Brigada Jovem de Literatura de Angola da Província Namibe, ocupando o cargo de secretário-geral da União de Escritores Angolanos (UEA). Dirigente e investigador do Centro de Estudos da Educação e Desenvolvimento da Diocese (CEED) de Ondjiva-Cunene, entre 2014 e 2019 foi diretor provincial do Fundo de Apoio Social na Lunda Sul, papel que lhe coube como quadro do Ministério da Administração do Território e da Reforma do Estado.

O escritor angolano publicou já uma dúzia de obras, especialmente no domínio da poesia.


The Book Company


"Véudovento", "Gravuras doutro Sentido" ou "Acordanua" são algumas das obras do escritor David Capelenguela.

A estreia da obra literária de David Capelenguela acontece aqui por via da coletânea de contos de autores lusófonos intitulada "Língua Mátria", cuja presença já foi objeto de outras referências aqui como em "Para que Serve um Irmão Mais Velho", de João Tordo; "Os Dançarinos", de Mia Couto ou "A Noite do D'jambi", de Olinda Beja.

25 views0 comments

Recent Posts

See All