Search
  • Paulo Jorge Pereira

Rita Seino lê "O Canto do Colibri", de Eliana Marques

É com o poema "Intuição" que o livro "O Canto do Colibri", de Eliana Marques, regressa às leituras aqui no blog, desta vez com a voz de Rita Seino, prima da autora.



Nascida em Santo André (São Paulo), Eliana Maria Marques reside agora em São Lourenço (Minas Gerais). Formada em Biblioteconomia e Documentação, foi diretora da Biblioteca Pública de Diadema em São Paulo. Coordenou programas na área do livro e leitura e é membro da Sociedade Brasileira de Eubiose. Além disso, faz parte do Grupo das Letras de São Lourenço e participou recentemente no I Sarau Virtual Integração Cultural.


Editora Novo Mundo


Eliana Marques faz parte do Grupo das Letras de São Lourenço.

Prima da autora, Rita Seino apresentou aqui o poema "Intuição", retirado do livro "O Canto do Colibri". Rita é profissional na área financeira e está a fazer a transição para atuar na área de Psicologia Transpessoal com ênfase especial no trabalho com Orquideoterapia.

"O Canto do Colibri" já fora objeto de várias leituras aqui no blog. Primeiro, pela voz da própria autora, que apresentou "Infância de Bonecas, Cachos de Banana", a 16 de setembro; seguiram-se leituras de Eunice Moraes que, a 18 de setembro, leu "Viva Feminino" e, a 21 do mesmo mês, selecionou "Sou Rio". Eu tive oportunidade de ler o poema que dá título ao livro no dia 13 de outubro e a autora apresentou o poema "Sabores" a 22. Seis dias mais tarde, Eliana Marques honrava-me com a leitura de um trecho do meu primeiro romance, "Filhos da Primavera Árabe".

31 views

© 2020 by Livros Lidos. Direitos reservados

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now